Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Eduardo Bolsonaro faz a limpa na direção do PSL de SP

Nomes eram ligados ao senador Major Olímpio

Por Pedro Carvalho - Atualizado em 10 jun 2019, 17h29 - Publicado em 10 jun 2019, 17h03

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, presidente da seção paulista do PSL, fechou na manhã de hoje os nomes que vão compor a direção do partido no estado.

O deputado estadual Gil Diniz será o vice-presidente. Thiago Cortês, do Escola Sem Partido, será secretário-geral e o deputado federal Luiz Philippe de Orleans e Bragança, primeiro secretário.

A tesouraria ficará com Otávio Fakhouri, advogado e empresário.

A posse da nova direção acontece hoje à noite, em um luxuoso hotel da região dos Jardins.

Continua após a publicidade

Com as mudanças, Bolsonaro afasta todos os membros da antiga direção partidária, ligada ao senador Major Olímpio.

Entre outras ações, o filho do presidente quer adotar prévias para a escolha do candidato a prefeito de São Paulo.

Publicidade