Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#ECONOMIA#Os efeitos da super-fraude no Brasil

A fraude de 50 bilhões de dólares que explodiu em Nova York, capitaneada por Bernardo Madoff, ex-presidente da Nasdaq, não dará motivos para desespero somente para grandes bancos internacionais ou para milionários e bilionários americanos, europeus e asiáticos. Ricaços brasileiros também foram atingidos na maior fraude do sistema financeiro mundial. Estima-se perdas entre 1 bilhão […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 18h25 - Publicado em 15 dez 2008, 13h01

A fraude de 50 bilhões de dólares que explodiu em Nova York, capitaneada por Bernardo Madoff, ex-presidente da Nasdaq, não dará motivos para desespero somente para grandes bancos internacionais ou para milionários e bilionários americanos, europeus e asiáticos. Ricaços brasileiros também foram atingidos na maior fraude do sistema financeiro mundial. Estima-se perdas entre 1 bilhão de dólares e 2 bilhões de dólares. 

Os brasileiros lesados aplicavam no Fairfield Greenwhich, um hedge fund que investia tudo nos esquemas de Madoff. O Fairfield tinha como um dos seus gestores principais Walter Noel, casado com a brasileira Mônica, irmã do carioca de origem suíça Alex Haegler.Vem exatamente desta ligação as vendas de cotas do Fairfield no Brasil.

 
Publicidade