Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Donadon beneficiado

O voto de Celso de Mello que garantiu a sobrevida aos mensaleiros pode, de quebra, beneficiar outro notório criminoso: Natan Donadon. Joaquim Barbosa disse a Henrique Eduardo Alves que, concluído o mensalão, o STF julgaria a liminar de Luís Roberto Barroso que suspendeu a sessão da Câmara em que Donadon livrou-se da cassação. Agora, o […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 05h21 - Publicado em 20 set 2013, 17h22

Nova sobrevida à vista

O voto de Celso de Mello que garantiu a sobrevida aos mensaleiros pode, de quebra, beneficiar outro notório criminoso: Natan Donadon.

Joaquim Barbosa disse a Henrique Eduardo Alves que, concluído o mensalão, o STF julgaria a liminar de Luís Roberto Barroso que suspendeu a sessão da Câmara em que Donadon livrou-se da cassação.

Agora, o mandato do deputado detento continuará valendo enquanto o futuro de José Dirceu e seus companheiros não for definido?

Nem Henrique Eduardo Alves sabe, como ele mesmo diz:

– Joaquim Barbosa tinha me dito que já havia acertado esse prazo com o Barroso, o relator do caso. Na segunda-feira, vou ligar para ele e perguntar se haverá uma brecha para analisar a questão do Donadon ou será necessário esperar mais.

Continua após a publicidade
Publicidade