Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Doleiro mira mensagens da força-tarefa e Lava-Jato pode afundar de vez

Colaboração figurou em quase todas as investigações e condenações da Lava-Jato. Se ela cair, pouca coisa sobrará

Por Robson Bonin Atualizado em 12 mar 2021, 01h27 - Publicado em 6 mar 2021, 10h03

Dono da “delação-mãe” da Lava-Jato — que colocou o clube do bilhão das empreiteiras na prisão e abriu o caminho para que a operação virasse o que virou –, Alberto Youssef decidiu também pedir acesso às mensagens da força-tarefa roubadas pelos hackers.

Se encontrar provas de que foi grampeado ilegalmente — para quem não lembra do assunto, este colunista revelou o caso em 2014 — ele pedirá para anular seu acordo e as condenações.

Muita coisa aconteceu desde que Youssef decidiu delatar. Sua colaboração figurou em quase todas as investigações e condenações da Lava-Jato. Se ela cair, pouca coisa sobrará.

Publicidade