Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Adoção do parlamentarismo volta na Câmara e tem apoio da turma do PSL

Proposta tramita desde o final de outubro

Por Evandro Éboli Atualizado em 30 jul 2020, 19h18 - Publicado em 18 nov 2019, 10h20

Uma nova proposta de adoção do parlamentarismo no Brasil tramita na Câmara desde o final de outubro.

Nas 171 assinaturas de apoio tem até sete parlamentares do PSL, ainda de Bolsonaro. Entre estes, Phillipe de Orleans e Bragança, defensor de uma “monarquia parlamentarista”.

Os sociais-democratas do PSDB, partido que sempre levantou a bandeira, mas nunca se empenhou tanto assim, é quem mais aderiu, com 16 apoios.

O autor dessa emenda à Constituição, Giovani Cherini (PL-RS) argumenta que a “experiência presidencialista brasileira chegou a um nível de esgotamento”.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade