Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Deputado desrespeita mãe de ministro da Cultura

Givaldo Carimbão perguntou a Sá Leitão se ele gostaria de ver a mãe com a "genitália desnudada" numa exposição

Por Mauricio Lima Atualizado em 30 jul 2020, 20h43 - Publicado em 19 out 2017, 06h00

O Congresso viveu ontem à noite uma daquelas cenas que mostra bem o nível da representação política do país. Convidado pela comissão de segurança da Câmara dos Deputado a discutir a polêmica das mostras Queermuseu e do MAM de São Paulo, com um artista nu em cena, Sérgio Sá Leitão teve sua mãe desrespeitada pelo deputado Givaldo Carimbão, do PHS de Alagoas.

Último parlamentar a interpelar o titular da Cultura, Carimbão começou a dizer que na vida tinha “duas mães”, a de sangue e a Virgem Maria e, de forma pouco polida, começou insistentemente a perguntar para Sá Leitão o que ele acharia se uma representação da mãe do ministro, com a genitália desnudada, fosse mostrada numa exposição.

Perplexo com a pergunta, o ministro pediu licença ao presidente da Comissão, Alberto Fraga, para ir embora e saiu. “Realmente não esperava ouvir algo do gênero numa sessão do Congresso. Até então, os outros deputados, mesmo discordando, foram educados”, disse Sá Leitão, cuja mãe já é falecida. 

Continua após a publicidade
Publicidade