Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Deputada posta notícia fake de ato da PGR sobre Bolsonaro

Segundo assessoria da PGR, ainda não houve manifestação sobre notícia-crime

Por Mariana Muniz Atualizado em 31 mar 2020, 21h16 - Publicado em 31 mar 2020, 21h08

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) parece estar se especializando na divulgação de notícias falsas. A parlamentar foi às redes sociais nesta terça-feira anunciar que o procurador-geral da República, Augusto Aras, arquivou a notícia-crime apresentada por um deputado do PT contra Jair Bolsonaro.

A novidade é que Aras sequer apreciou a notícia-crime encaminhada a ele pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal. A ação chegou à PGR por volta das 11h, e foi automaticamente distribuída ao vice-procurador-geral, Humberto Jacques de Medeiros.

Segundo nota encaminhada pela assessoria de imprensa da PGR nesta terça-feira, não houve, até o momento, decisão sobre o pedido feito pelo deputado federal Reginaldo Lopes.

Esta não é a primeira divulgação de informação errada que a deputada comete esta semana. No domingo, espalhou a fake news do “porteiro”, segundo a qual um homem teria morrido em um acidente, mas teve a causa oficial da morte atribuída à Covid-19. 

 

https://platform.twitter.com/widgets.js

Continua após a publicidade
Publicidade