Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Deltan Dallagnol: ‘parlamentares sob suprema proteção’

Procurador comentou decisão do STF

Por Ernesto Neves Atualizado em 12 out 2017, 13h25 - Publicado em 12 out 2017, 12h19

O procurador da Lava-Jato Deltan Dallagnol protestou contra o Supremo Tribunal Federal em seu perfil no Facebook.

Na noite da última quarta (11), o plenário do órgão decidiu, por 10 votos a 1, que o Judiciário pode afastar parlamentar, mas decisão passará por crivo do Legislativo.

“Não surpreende que anos depois da Lava Jato os parlamentares continuem praticando crimes: estão sob suprema proteção. Parlamentares têm foro privilegiado, imunidades contra prisão e agora uma nova proteção: um escudo contra decisões do STF, dado pelo próprio STF”, escreveu.

 

Continua após a publicidade

Publicidade