Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Delação de Bené enterra Pimentel e implica 20 empresas

O ministro Herman Benjamin, do STJ, homologou a delação premiada do empresário Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, o Bené, na Operação Acrônimo, que investiga propina na campanha do governador de Minas, Fernando Pimentel (PT). Ele implica 20 empresas e enterra de vez o amigo Pimentel e a mulher, Carolina. Entre as empresas acusadas de pagar […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h38 - Publicado em 27 Maio 2016, 08h19
Bené:

Bené citou OAS, Braskem, Qualicorp e JHSF

O ministro Herman Benjamin, do STJ, homologou a delação premiada do empresário Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, o Bené, na Operação Acrônimo, que investiga propina na campanha do governador de Minas, Fernando Pimentel (PT).

Ele implica 20 empresas e enterra de vez o amigo Pimentel e a mulher, Carolina.

Entre as empresas acusadas de pagar propina estão JHSF, do ramo imobiliário, OAS, Braskem, Qualicorp e as agências de publicidade Pepper e Propeg. Roberto Pagliuso, advogado de Bené, não confirma as informações.

Continua após a publicidade
Publicidade