Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

“Defesa de Lula prestou informação falsa à sociedade”, diz MP

Seus advogados dizem que não tiveram acesso a um documento usado na audiência

Por Pedro Carvalho Atualizado em 11 Maio 2017, 15h19 - Publicado em 11 Maio 2017, 14h55

A Força-Tarefa da Lava-Jato em Curitiba continua a sustentar suas acusações ao ex-presidente Lula. Em depoimento, a defesa do petista afirmou que não teve acesso a uma ata da reunião de diretoria da Petrobras que foi utilizada na audiência.

Em nota, a Procuradoria afirma que esta “informação é falsa, uma vez que o documento está no processo desde 14/09/2016, data da acusação criminal”.

Eles ainda atentam “às muitas contradições verificadas no interrogatório”, entre elas a imputação de atos a sua esposa e a “ausência de explicação” sobre documentos encontrados em sua casa.

Quantos as supostas incongruências, entretanto, a acusação vai se manifestar apenas nos autos, em alegações finais. 

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade