Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Debate da reforma tributária vira prioridade na cúpula da Fiesp

‘A Previdência já era’, diz o vice-presidente da entidade, José Roriz Coelho

Por Pedro Carvalho - 23 jul 2019, 12h03

Ainda falta votar o segundo turno da reforma no plenário da Câmara e tocar todo o debate no Senado, mas a cabeça de gente importante da Fiesp já está focada nas mudanças do sistema tributário. “A Previdência já era”, diz o vice-presidente da entidade, José Roriz Coelho.

Defendida ao longo de seguidos governos, a reforma tributária nunca saiu do papel porque os políticos sempre sucumbiram a poderosos interesses econômicos de setores abastecidos por incentivos estatais.

A promessa agora é de que algo novo aconteça nesse jogo no Parlamento. A reforma que se anuncia ainda está fragmentada em pelo menos quatro propostas aleatórias em Brasília.

Publicidade