Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em João Pessoa, Damares realiza solenidade em memória de sindicalista

Margarida Maria Alves foi assassinada em 1983

Por Pedro Carvalho - Atualizado em 24 Oct 2019, 15h31 - Publicado em 24 Oct 2019, 15h27

A ministra Damares Alves realiza nesta sexta-feira (25), em João Pessoa/PB, uma solenidade em memória da sindicalista e defensora dos direitos humanos Margarida Maria Alves.

“Este governo se propõe a trabalhar pela paz no campo. A reparação é um momento especial porque tudo o que nós queremos é a paz no campo, é o fim da violência.”, afirmou a ministra.

Assassinada em 12 de agosto de 1983, Margarida foi uma das primeiras mulheres a exercer um cargo de direção sindical no país, além de lutar pelos direitos dos trabalhadores do campo. Seu nome e sua história inspiraram a Marcha das Margaridas, que foi criada em 2000.

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade