Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Da Fiocruz para o Butantan: CoronaVac é ‘sopro de esperança’

Em carta dirigida a instituição de São Paulo, fundação ligada ao Ministério da Saúde deixa política de lado e comemora resultados

Por Mariana Muniz Atualizado em 12 jan 2021, 13h02 - Publicado em 12 jan 2021, 14h32

Uma carta encaminhada pela presidente da Fundação Oswaldo Cruz ao presidente do Instituto Butantan na última sexta-feira em nada lembra a guerra travada entre o Ministério da Saúde e o governo de São Paulo em torno da vacina.

Em tom de celebração pelos avanços promissores do imunizante desenvolvido pela instituição de pesquisa paulista em parceria com a chinesa Sinovac, Nísia Trindade parabenizou Dimas Covas pelo “sopro de esperança” representando pela CoronaVac. A Fiocruz produzirá a vacina contra a covid desenvolvida pela universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca.

“No momento em que Fiocruz e Butantan completam 120 anos de incansável atuação em prol da saúde de nossa população, contribuirmos com vacinas eficazes, seguras e dirigidas para o Sistema Único de Saúde representa a consolidação do esforço diário de promover ciência e tecnologia a serviço da vida”, diz o texto.

O Instituto Butantan ainda não respondeu à mensagem.

 

Continua após a publicidade
Publicidade