Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cúpula do PSB se irrita com ataques de correligionário a Joaquim Barbosa

Absolutamente desconhecido no cenário nacional, o presidente do partido no Paraná, Severino Araújo, desancou o ex-ministro em nota oficial

Por Gabriel Mascarenhas 28 mar 2018, 09h30

O desconhecido Severino Araújo, presidente do PSB do Paraná, deu um passo maior que a perna ao emitir uma nota oficial para desancar Joaquim Barbosa, que vem flertando com o partido para disputar a presidência da República.

O comando nacional da legenda enlouqueceu quando recebeu o documento em que Araújo classifica o ex-ministro de “autoritário” e “avesso à política”.

Quem manda no PSB tem duas certezas: o correligionário paranaense se presta a qualquer papel para agradar ao PSDB, de quem é aliado no estado; e a outra: isso não vai ficar assim, ou seja, Araújo será enquadrado em breve.

Publicidade