Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Crivella vai reconstruir o autódromo do Rio

Pista de automobilismo foi demolida para dar lugar ao Parque Olímpico.

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, se reúne nesta quarta (8) com esportistas, vereadores e representantes da sociedade para anunciar o plano de construção do novo autódromo. A única pista de automobilismo do Rio foi demolida em 2012, quando cedeu espaço para o Parque Olímpico.

Crivella vai assinar o chamado Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), documento que viabiliza a construção do equipamento com investimentos da iniciativa privada. Trata-se de um projeto parecido com o que foi feito no Porto Maravilha, no Centro carioca. A nova pista deverá ser feita em Deodoro, na Zona Oeste.

O encontro foi feito por solicitação da Frente Parlamentar em Defesa do Novo Autódromo do Rio, presidida pelo vereador Carlo Caiado (DEM) e formada por 45 entidades ligadas ao automobilismo. 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Alexandre peixoto dos santos paiva

    ]Autódromo, não serve apenas para corridas. Shows e outros eventos podem ser realizados em datas diferentes. O autódromo Nelson Piquet deveria ter sido tombado por algum prefeito, mas não foi, lastimável, um símbolo do Rio. Muito bem situado, com um traçado muito bem projetado, um dos melhores do mundo, possuía uma torre cilíndrica toda de vidro e os boxes com formato de arcos, desenho característico do arquiteto Niemeyer. A serra do maciço da pedra Branca ao fundo com a floresta da Tijuca aparecendo ao lado completavam aquela paisagem maravilhosa, uma obra de arte. Frequentei e trabalhei como comissário de pista, para ver de perto as máquinas. Triste. Por melhor que seja um novo autódromo, jamais atingirá o glamour da antiga pista. Engana-se quem acha que automobilismo atrai só a burguesia. Conheço gente humilde, que ganha um salário mínimo e sabe tudo do automobilismo mundial. Automobilismo é amor, é paixão como por outro esporte. É atração pela velocidade, pelo cheiro de combustível de motor envenenado e pelo ronco dos motores. É desenvolvimento de tecnologia. Na França, existe até um parque de diversão e camping, para quem quiser assistir as 24 horas de Le Mans. Passaram o Pan, as Olimpíadas e o nosso autódromo foi-se, em troca do Legado.

    Curtir