Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Crivella promete alívio no bolso mas, no fim, só aumenta imposto

Mordida no bolso do carioca

Em projeto aprovado no final de 2017, o prefeito Marcelo Crivella prometeu a vereadores e cariocas que isentaria quem consome até 800 kw/h de pagar a taxa de iluminação pública.

Era uma compensação a um projeto da prefeitura que aumentou a cobrança sobre grandes indústrias.

Para quem consome acima de 20 mil kw/h, por exemplo, a taxa passará de R$ 142,80 por mês para R$ 442,52.

Essa contrapartida fez que seu plano fosse aprovado na Câmara, inclusive com o voto de opositores.

Só que agora, com a mudança prestes a entrar em vigor, Crivella voltou atrás. Vetou a isenção, mas manteve os aumentos.

“O carioca será taxado duplamente, já que o IPTU também prevê cobrança para a iluminação”, diz o vereador Luiz Carlos Ramos filho (Podemos), autor da emenda que liberava os pequenos e médios consumidores da cobrança.

Segundo justificativa apresentada pela prefeitura, a emenda impacta a arrecadação em R$ 100 milhões.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s