Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Crivella encontra acusado de receber R$ 450 mil da Fetranspor

Ele é ex-tesoureiro do prefeito do Rio

Por Da Redação Atualizado em 16 mar 2018, 09h27 - Publicado em 15 mar 2018, 18h25

Investigado por doações não declaradas de R$ 450 mil da Fetranspor, o tesoureiro Mauro Macedo se reuniu com Marcelo Crivella e o filho do prefeito, Marcelo Hodge, na tarde desta quinta (15).

Na foto abaixo, ele chega para o encontro na sede da prefeitura, no Centro. Mauro trabalhou como tesoureiro campanhas passadas de Crivella. 

Ele foi citado em depoimento de Edimar Moreira Dantas, ex-funcionário do doleiro Álvaro José Novis, apontado como operador do esquema de propinas da Fetranspor.

Reprodução/Reprodução

Atualização: Marcelo Crivella nega que tenha se encontrado com Mauro Macedo. Marcelo Hodge Crivella, embora tenha ido à prefeitura, nega que tenha se encontrado com seu pai.

 

(por Alessandra Medina)

 

Continua após a publicidade

Publicidade