Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

CPI quebra sigilo do diretor da Precisa Medicamentos

Danilo Trento depõe nesta quinta à comissão, mas tem se negado a responder perguntas com base em um habeas corpus do STF

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 23 set 2021, 11h27 - Publicado em 23 set 2021, 11h25

A CPI da Pandemia aprovou há pouco a quebra do sigilo de Danilo Trento, diretor da Precisa Medicamentos, empresa de insumos hospitalares que intermediou a compra de vacinas Covaxin pelo Ministério da Saúde. 

Há suspeitas de irregularidades no processo de aquisição dos imunizantes do laboratório indiano Bharat Biotech. 

Trento está depondo desde a manhã desta quinta-feira aos senadores da CPI e tem usado o direito de ficar calado, resguardado por um habeas corpus proferido pelo STF, para evitar responder a diversas perguntas. 

Diante das negativas, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) apresentou requerimento para a quebra do sigilo bancário e fiscal do depoente, aprovado pelo colegiado.  

Continua após a publicidade
Publicidade