Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

CPI da Prevent Senior já tem assinaturas para ser analisada na Alesp

Presidente da Casa quer votar proposta "o mais rápido possível"; operadora de saúde já é investigada no Senado pelo uso do 'kit Covid' em pacientes idosos

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 1 out 2021, 12h46 - Publicado em 27 set 2021, 11h23

Na esteira das investigações no Senado Federal, a Assembleia Legislativa de São Paulo deve dar início, em breve, a uma CPI para apurar as denúncias contra a Prevent Senior pelo uso de medicamentos sem eficácia contra Covid-19 em pacientes idosos.

O deputado Paulo Fiorilo (PT) reuniu as assinaturas de parlamentares necessárias para a apresentação do projeto de resolução, que deve ser protocolado nos próximos dias.

Ao Radar, o presidente da Casa, deputado Carlão Pignatari (PSDB), diz que deverá pautar a proposta para votação “o mais rápido possível”. O texto deve ser aprovado em plenário com ao menos 48 votos.

A Prevent Senior já está na mira da CPI da Pandamia, no Senado Federal, por denúncias pelo uso do chamado “kit Covid” em pacientes idosos.

A operadora é acusada de ter feito um estudo clínico sobre a efetividade dos medicamentos — sem eficácia cientificamente comprovada — sem a anuência de pacientes. A CPI diz ter informações de que a empresa omitiu mortes por Covid dos prontuários para passar a impressão de que o tratamento era bem sucedido no combate à doença.

Continua após a publicidade
Publicidade