Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Correção: Servidor aposentado do TCU pode atuar em órgãos públicos

O ex-chefe de gabinete não precisa cumprir quarentena

Por Da Redação Atualizado em 7 abr 2021, 13h07 - Publicado em 7 abr 2021, 21h00

Em referência a nota publicada em 26 de outubro de 2017, segue a correção:

“Ex-chefe de gabinete de ministro do TCU, Ary Braga Pacheco Filho, com formação em Engenharia Civil e Administração de Empresas, aposentado regularmente em novembro de 2015, e por não existir a necessidade de cumprimento de quarentena, presta consultoria a empresas privadas desde aquela data. Por não ser advogado, atua apenas como consultor nas áreas técnicas mencionadas, tendo participado de reunião no TCU, em outubro de 2017, com representantes da ABCR – Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias, com o fim de se viabilizar a realização de seminário de interesse do TCU e daquela entidade privada”

Publicidade