Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Coronavírus: governo cancela gastos com cachaça, vinho e cerveja alemã

Medida foi tomada após o Radar revelar a lista de compras no último fim de semana

Por Hugo Marques - Atualizado em 1 abr 2020, 08h26 - Publicado em 1 abr 2020, 08h03

Depois de o Radar mostrar o listão de compras no fim de semana, a Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará, que havia lançado edital para comprar 2.000 litros de cachaça, 19.800 garrafas de vinho e 5.500 latas de cerveja, alterou o pregão e cancelou o gasto de 414.000 reais com as bebidas.

O 58º Batalhão de Infantaria Motorizado, de Goiás, também retirou de sua lista de compra de gêneros de alimentação as 2.000 latas de cerveja que estavam incluídas no início da semana, depois que o Radar chamou a atenção para este tipo de gasto em tempos de pandemia. A compra incluía cerveja tipo pilsen “com trigo francês” e “levedura importada da Alemanha.

As alterações nas licitações incluem os mesmos itens, como cerveja, cachaça e vinho, mas lá está escrito “item cancelado” em cima de cada um destes produtos. Alguns outros órgãos públicos também estão revendo suas listas de compras. A 22ª Brigada de Infantaria da Selva suspendeu um pregão para a aquisição de mudas de plantas ornamentais esta semana.

Publicidade