Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Contrato de telecomunicações opõe clã Calheiros em Alagoas

A execução de um contrato para infraestrutura de telecomunicações em Alagoas está dividindo a família Calheiros. Há 11 meses sem receber, a Aloo Telecom cobra uma dívida de 14 milhões de reais e conseguiu uma liminar que ameaçava bloquear as contas do Estado caso não fosse realizado o pagamento. De um lado, o governador Renan […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h31 - Publicado em 14 jun 2016, 07h03
Sem acordo com indicado do tio

Renan Filho: Sem acordo com indicado do tio

A execução de um contrato para infraestrutura de telecomunicações em Alagoas está dividindo a família Calheiros.

Há 11 meses sem receber, a Aloo Telecom cobra uma dívida de 14 milhões de reais e conseguiu uma liminar que ameaçava bloquear as contas do Estado caso não fosse realizado o pagamento.

De um lado, o governador Renan Filho decidiu manter o contrato com o consórcio, firmado no governo anterior, após uma repactuação, que resultou na redução dos valores de 260 milhões de reais para 88 milhões de reais.

Mas o Instituto de Tecnologia em Informática e Informação (Itec) recusa-se a fazer os pagamentos e quer quebrar o acordo, alegando vícios no processo licitatório. O órgão é presidido por José Luciano dos Santos Junior, indicação de Olavo Calheiros, irmão do presidente do Senado.

Renan Filho chegou a liberar recursos para pagamento da dívida e indicou que afastaria o presidente do Itec, mas voltou atrás após pressão de Olavo.

Sem consenso no governo, a decisão sobre a disputa foi parar nos tribunais. Está marcada para amanhã uma audiência de  quando está marcada uma audiência de conciliação entre as partes, a ser mediada pelo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas.

Continua após a publicidade
Publicidade