Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Contra escalada bolsonarista do AI-5, deputado propõe “Dia da Democracia”

Alessandro Molon, autor da proposta, escolheu o 13 de dezembro, dia que o ato foi baixado em 68, para celebrar a democracia

Por Robson Bonin Atualizado em 30 jul 2020, 19h17 - Publicado em 26 nov 2019, 20h20

Para contrapor a onda bolsonarista em defesa da volta do AI-5, o deputado Alessandro Molon (PSB-RJ) apresentou projeto que cria o Dia Nacional da Democracia. O parlamentar tem o apoio de colegas de várias legendas.

“O governo de Jair Bolsonaro está promovendo uma escalada autoritária no Brasil, com ameaças claras. O Congresso deve cumprir o seu papel como guardião da democracia e se posicionar de forma inequívoca, dando uma basta a este flerte com o autoritarismo”, justifica Molon.

O dia escolhido para a celebração da democracia é justo o 13 de dezembro, data que, no ano de 1968, o governo ditador baixou o ato que fechou Congresso, instituiu a censura e perseguiu e matou opositores.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade