Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Consultado, Lula descarta ir para frente da embaixada da Venezuela

Petista acha suficiente o envolvimento da bancada de seu partido; ao menos por enquanto

Por Evandro Éboli - Atualizado em 13 nov 2019, 13h37 - Publicado em 13 nov 2019, 11h10

Lula foi consultado por gente do PT se gostaria de se deslocar até Brasília e acompanhar de perto a ocupação da embaixada da Venezuela. Seria um gesto de apoio ao governo Maduro.

O ex-presidente, de pronto, avaliou que, ao menos por enquanto, não é hora de jogar água nessa fervura. Ainda mais com os Brics acontecendo.

O petista acha suficiente o envolvimento da bancada de seu partido.

Vai esperar os desdobramentos.

 

Continua após a publicidade
Publicidade