Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Congresso é contra saída de Mandetta, avisa Alcolumbre a Bolsonaro

Em recado ao presidente, chefe do Parlamento disse que ‘defenderá até o fim a permanência de Mandetta na Saúde’

Por Robson Bonin Atualizado em 6 abr 2020, 18h14 - Publicado em 6 abr 2020, 18h13

No fim de semana, Jair Bolsonaro destacou o ministro Luiz Eduardo Ramos para chamar o presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, para um café no Palácio da Alvorada.

Antevendo que a conversa poderia chegar a um pedido de apoio para a demissão de Luiz Henrique Mandetta da Saúde, Alcolumbre recusou o chamado presidencial.

Alcolumbre é totalmente contra saída do Mandetta e fez questão de deixar isso bem claro a Bolsonaro.

O presidente do Congresso acionou Onyx Lorenzoni, seu amigo, o chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, e o próprio Ramos para passar o seguinte recado: “Defenderei até o fim a permanência de Mandetta na Saúde, pelo bem do país“.

Continua após a publicidade
Publicidade