Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Confisco de leitos hospitalares no Amazonas preocupa setor de saúde

Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde) chama medida do governo do Amazonas de 'ato autoritário'

Por Mariana Muniz Atualizado em 24 fev 2021, 14h34 - Publicado em 24 fev 2021, 13h31

O setor de saúde está temeroso com as consequências do confisco de leitos hospitalares privados ordenado pela Secretaria Estadual de Saúde do Amazonas.

Para a Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde), o ato autoritário do Governo do Amazonas, sem buscar primeiro o diálogo, pode provocar um caos ainda maior, ao impedir que os beneficiários de planos de saúde tenham acesso ao atendimento pelo qual eles pagam.

Também há o receio de que a ingerência do Estado na rede privada comprometa a gestão e sustentabilidade das unidades. Na avaliação da CNSaúde, o caos que a saúde pública no Estado, é resultado justamente da falta de planejamento e gestão do Governo.

Publicidade