Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Companhia de água do Rio contrata consultoria ambiental por R$ 4,2 mi

Objetivo da parceria é verificar a qualidade da água no interior do estado

Por Mariana Muniz Atualizado em 28 jan 2020, 10h35 - Publicado em 28 jan 2020, 09h35

Em meio à crise da água que atinge a cidade do Rio de Janeiro, a Cedae, companhia de água e esgoto, assinou um contrato de mais de 4,2 milhões de reais com uma empresa para verificar a qualidade da água no interior do estado.

O negócio foi publicado na edição desta segunda-feira do Diário Oficial. O convênio foi assinado com a empresa Green Brasil Consultoria e Assessoria Ambiental pelo prazo de um ano.

“Serviço de coleta de amostras de água, análise de campo, controle e logística e plano de amostragem, para controle de qualidade da água distribuída na região do interior do estado do Rio de Janeiro”, descreve a publicação oficial.

A consultoria ambiental se apresenta, em seu site, como uma empresa “com mais de 10 anos de experiência na prestação de serviços de análises químicas e amostragens especializadas; incluindo sedimento oceânico, água subterrâneas, efluentes, resíduos, solos, água, coleta e amostragem”.

A página oficial da Green Brasil também garante a certificação de seus laboratórios pelo Instituto Estadual do Ambiente (INEA), do Rio, e pelo Inmetro.

Há quase um mês a água que sai das torneiras da cidade do Rio, fornecida pela Cedae, tem apresentado cheiro, cor e gosto de terra. A companhia atribui a má qualidade do líquido a uma substância chamada geosmina.

Continua após a publicidade
Publicidade