Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Como está a investigação contra Bolsonaro por invasão a hospitais

Ação foi apresentada em junho ao STF depois que presidente incitou apoiadores a invadirem hospitais de campanha

Por Robson Bonin Atualizado em 18 nov 2020, 19h55 - Publicado em 11 out 2020, 14h32

Em junho, Jair Bolsonaro incentivou seguidores a invadirem hospitais de campanha para supostamente constatarem se havia leitos vazios nos lugares.

A fala piorou a situação do combate à pandemia em hospitais onde aloprados bolsonaristas seguiram a ordem presidencial, o que levou a PGR a abrir uma investigação preliminar do caso.

Ao STF, em uma ação proposta pelo advogado Ricardo Bretanha Schmidt, a PGR disse recentemente que adotará medidas se achar “indícios razoáveis de crime” cometidos por Bolsonaro. Até hoje, portanto, não achou. 

Publicidade