Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Comércio eletrônico prevê alta de 22% nas compras de Natal

As vendas eletrônicas nos 30 dias que antecedem o Natal devem crescer 22% neste ano em relação a 2014 e chegar a R$ 7,2 bilhões, segundo estimativa inédita da consultoria E-bit/Buscapé. A expectativa é de aumento tanto no número de pedidos, com avanço de 10%, quanto no tíquete médio de compra, que deve subir 11%, para […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 23h50 - Publicado em 17 dez 2015, 11h45
Consumidores anteciparam compras de Natal

Consumidores anteciparam compras de Natal

As vendas eletrônicas nos 30 dias que antecedem o Natal devem crescer 22% neste ano em relação a 2014 e chegar a R$ 7,2 bilhões, segundo estimativa inédita da consultoria E-bit/Buscapé. A expectativa é de aumento tanto no número de pedidos, com avanço de 10%, quanto no tíquete médio de compra, que deve subir 11%, para R$ 429.

Apesar da previsão positiva, a maior parte do crescimento nas vendas no período deve ter ficado por conta da Black Friday, quando os consumidores aproveitaram os descontos para antecipar as compras de fim de ano.

Somente nas promoções do fim de novembro, a E-Bit já contabilizou R$ 3,02 bilhões, equivalente a 42% do total esperado para o período.

Continua após a publicidade
Publicidade