Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Collor planeja debandada de Calheiristas na reta final da campanha

Na reta final, Collor quer revelar "agentes infiltrados" na campanha do adversário e gerar um fato

Por Pedro Carvalho 28 ago 2018, 16h35

Fernando Collor é político experiente. O senador sabe que a mulher de seu vice, Flavia Cavalcante, faz campanha com os Calheiros em Alagoas. E é justamente isso que ele quer usar para criar um fato político.

Na reta final da corrida eleitoral, o plano de Collor é que Calheiristas, entre eles Flavia, declarem voto em Collor, cada qual a seu tempo.

Dessa forma, a campanha já estará feita e quem pular o muro em direção ao senador já terá surfado na onda dos Calheiros. Com a debandada de “aliados”, Collor quer gerar a sensação de enfraquecimento do governador.

O único porém no plano arquitetado é o próprio Renan Filho. Os vira-casacas não vão se revelar caso ele dispare nas pesquisas eleitorais e emplaque uma grande vantagem sobre os adversários.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade