Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cogitado em 2018, Luciano Huck é recusado por escolas de samba

Emissário do apresentador ofereceu 6 milhões de reais para o Salgueiro e entrou em contato com a Mangueira

Por Da Redação Atualizado em 9 Maio 2017, 17h56 - Publicado em 9 Maio 2017, 13h21

Cogitado até pelo presidente Fernando Henrique Cardoso como um dos novos nomes da política, o apresentador Luciano Huck vem se movimentando nos bastidores. Ao que parece, uma de suas estratégias é ser tema de enredo de Carnaval no Rio em 2018, ano da eleição. Huck procurou pelo menos duas escolas. No Salgueiro, um emissário do apresentador chegou a oferecer 6 milhões de reais para que ele fosse homenageado na Avenida. A vermelho e branco ficou com medo das críticas políticas e não aceitou. Na Mangueira, o assunto não foi para a frente porque o carnavalesco Leandro Vieira vetou.

Atualização: Luciano Huck ligou para coluna e disse que nunca ofereceu dinheiro nem procurou nenhuma escola de samba. Um compositor, que ele não se lembra o nome, chegou com essa ideia, fez uma reunião, mas sem sua autorização, contactou as escolas. “Usaram o meu nome”, diz Huck.

Publicidade