Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

CNJ quer aprimorar atuação da Justiça em recuperações judiciais — entenda

Órgão aprovou três recomendações para otimizar a atuação do Judiciário nesses casos

Em tempo de recuperações judiciais em alta nos tribunais brasileiros, o Conselho Nacional de Justiça acaba de aprovar três recomendações para otimizar a atuação do Judiciário nesses casos.

A primeira diretriz diz respeito à formação de câmaras ou turmas especializadas na matéria. Em outra medida, foi aprovada a averiguação prévia na documentação da empresa logo após o pedido inicial de recuperação, com intuito de verificar se a empresa se enquadra nos critérios para se submeter ao processo de recuperação empresarial e falência.

A terceira recomendação aprovada foi a adoção da mediação na solução de conflitos que ocorrem durante o processo de recuperação empresarial e falimentar.

As recomendações têm o carimbo do ministro do Superior Tribunal de Justiça Luis Felipe Salomão, que coordena um grupo no CNJ responsável pelo tema.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s