Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

CNI reclama de boicote a produtos por queimadas na Amazônia

Entidade emitiu nota em que rejeita boicote a produtos do Brasil

Por Ernesto Neves 30 ago 2019, 16h02

A Confederação Nacional da Indústria emitiu nota em que repudia a decisão de importadores de suspender a compra de couro brasileiro.

Isso porque a CNI considera “injustas e equivocadas” as tentativas de se vincular a exportação de produtos industriais brasileiros às queimadas na Amazônia.

“A Amazônia é um patrimônio de fundamental importância para o Brasil, sobretudo pela sua megadiversidade biológica, que abriga 20% do total de espécies de plantas e animais do planeta. Trata-se de uma riqueza potencial para ser desenvolvida e a indústria nacional é uma das principais interessadas no seu uso sustentável”, diz o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade.

 

Continua após a publicidade
Publicidade