Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Clubes aumentam procura por jogadores estrangeiros durante a Copa

Com as 15 negociações durante a parada da Copa, número de estrangeiros chega a 57

Por Pedro Carvalho - 24 Jul 2018, 10h40

O número de jogadores estrangeiros que atuam nos clubes da série A do Campeonato Brasileiro cresceu. Após a Copa e com as negociações ainda em movimento, são 57 atletas de fora do país inscritos nos 20 times da divisão de elite. Foram 15 chegadas de estrangeiros aos gramados brasileiros.

É exatamente o mesmo número de 2013, ano em que o diretor de futebol Rui Costa, então no Grêmio e hoje na Chapecoense, protocolou junto à CBF o pedido de aumento de três para cinco atletas estrangeiros atuarem no Brasil.

Antes de 2013, o ano com mais estrangeiros no Brasileirão havia sido em 2012, com 48. Os recordes pertencem às duas últimas temporadas: em 2018, com 69, e 2017, com 68.

Publicidade