Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ciro Gomes é condenado a indenizar ex-governador do CE em R$ 20 mil

Presidenciável do PDT teria ofendido o ex-governador Lúcio Alcântara ao dizer que ele precisava 'largar de ser sem vergonha'

Por Robson Bonin Atualizado em 20 jul 2021, 14h22 - Publicado em 20 jul 2021, 14h21

A maré não anda boa para o lado de Ciro Gomes. Depois de perder um apartamento em um processo na Justiça movido por Fernando Collor — e arrematado por Eunício Oliveira —, o presidenciável pedetista foi condenado nesta semana a indenizar em 20.000 reais, por danos morais, o ex-governador do Ceará Lúcio Alcântara.

Em 2010, segundo o governador, Ciro afirmou numa entrevista que Alcântara, processado por Gomes, “estaria se escondendo da Justiça porque não teria como se defender, teria comparecido a uma audiência perante a Justiça somente por que foi ameaçado de comparecer debaixo de vara, para aprender e ‘largar de ser sem vergonha'”.

“Julgo procedente o pedido e condeno o promovido a indenizá-lo a título de reparação por dano moral, no valor de 20.000 reais”, decidiu a juíza da 36ª Vara Cível do TJCE Antonia Dilce Rodrigues Feijão, no último dia 16. O pedetista pode recorrer.

Publicidade