Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

China revela reunião com Pazuello e entendimento sobre vacina

Em meio a atraso na chegada de insumos para produção dos imunizastes, ministro da Saúde teve audiência com Yang Wanming

Por Mariana Muniz 20 jan 2021, 18h59

Em meio a rumores de que o atraso na chegada dos insumos para a fabricação das vacinas contra a covid-19 seria causado por um desentendimento diplomático, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, se reuniu com o embaixador da China, Yang Wanming, nesta quarta-feira.

De acordo com o Twitter oficial da representação diplomática chinesa, na reunião por videoconferência Pazuello e o embaixador chines conversaram sobre a “cooperação antiepidêmica e de vacinas entre os dois países”.

“A Bandeira da China continuará unida aoBandeira do Brasil no combate à pandemia p/ superar em conjunto os desafios colocados pela pandemia”, disse ainda o texto publicado pela embaixada.

Os ingredientes farmacêuticos ativos (IFA) necessários para a produção das vacinas que serão produzidas pelo Instituto Butantan e pela Fiocruz vêm da China e ainda não chegaram ao Brasil. Ontem, em nota, a Fiocruz admitiu já trabalhar com um atraso na entrega das doses.

Continua após a publicidade
Publicidade