Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chefe da AGU sai em defesa de propaganda do projeto de Moro no TCU

Tribunal vetou os gastos do governo com publicidade sobre o pacote anticrime

Na rede de intrigas que dominou o governo, o chefe da AGU, André Medonça, já foi cotado para assumir a cadeira no STF que um dia foi prometida por Jair Bolsonaro a Sergio Moro. Essa aparente disputa, no entanto, não impede que a dupla atue em conjunto na discussão da propaganda do pacote anticrime, vetada pelo Tribunal de Contas da União.

A AGU entrou com um recurso no TCU nesta segunda para tentar derrubar a decisão que suspendeu a execução dos contratos de publicidade do pacote de Moro.

No recurso, Mendonça diz que a publicidade está “perfeitamente em consonância” com o princípio do “direito à informação dos cidadãos”. A União também afirma que o veto do TCU à propaganda fere a separação de poderes e argumenta que a decisão gera prejuízo ao erário, uma vez que os contratos já estão em curso.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s