Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cesta básica vai para R$ 1.060 e encosta no salário mínimo em SP

Alta foi puxada por itens de limpeza, higiene e alimentação; só em 2021, valor total da cesta já subiu 5,18%

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 19 jul 2021, 12h44 - Publicado em 19 jul 2021, 15h30

A cesta básica em São Paulo fechou o último mês em alta e está custando R$ 1.060,10 aos paulistanos.

O levantamento foi feito pelo Procon-SP e pelo Dieese e mostra aumento de 2,08% em relação a maio, quando a cesta custava R$ 1.038,45.

Os produtos que tiveram maior variação foram itens de limpeza pessoal (6,34%), seguidos de higiene pessoal (4,52%) e alimentação (1,65%).

A variação no ano foi de 5,18% na comparação com dezembro de 2020, diz a pesquisa.

Continua após a publicidade
Publicidade