Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Centrão tenta derrubar chefe do BB no embalo da crise na Petrobras

Quem está preocupado é Paulo Guedes, já que o BB também tem ações que podem derreter como as da petroleira

Por Robson Bonin Atualizado em 22 fev 2021, 10h36 - Publicado em 22 fev 2021, 10h32

Até aqui, 10h da manhã desta segunda, não há, da parte de Jair Bolsonaro, nenhum movimento concreto para mudar o presidente do Banco do Brasil, André Brandão.

O que há é a pressão — pesada — dos caciques do centrão para tirar Brandão da cadeira. O lobby político pode, na avaliação de interlocutores de Brandão, surtir efeito contrário, pois o atual chefe do BB já tinha superado a crise com Bolsonaro.

Quem está preocupado é Paulo Guedes, já que o BB também tem ações que podem derreter como as da Petrobras.

Publicidade