Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Como o caso Marielle-Bolsonaro movimentou as redes

Batalha de bolsonaristas e oposicionistas gerou mais de 450.000 postagens

Por Pedro Carvalho 31 out 2019, 06h35

A reportagem do Jornal Nacional na noite de terça mostrando o depoimento — que se revelou mentiroso — do porteiro do condomínio de Jair Bolsonaro gerou uma onda de rejeição ao presidente nas redes.

É o que mostra um levantamento da consultoria Levels que analisou mais de 450.000 tuítes. 57% das mensagens foram favoráveis à denúncia da Globo. Os críticos foram 37%.

A oposição foi responsável por 57% das postagens; os governistas, 37%.

Durante a coleta observou-se dois picos: o primeiro entre 20h e 00h do dia 29, logo após a veiculação da reportagem. O segundo ocorreu entre 04h e 07h da manhã de quarta, após a live do presidente Bolsonaro com ataques contra a Globo.

Continua após a publicidade
Publicidade