Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Caso Ceci Cunha, enfim, avança

O julgamento do bárbaro assassinato da deputada Ceci Cunha, em 1998, está prestes a ter um desfecho na Justiça. Na quinta-feira passada, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região, sediado em Pernambuco, decidiu que os cinco acusados pelo homicídio de Ceci e de três parentes dela vão a júri popular. O caso vem sendo monitorado […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 12h26 - Publicado em 28 mar 2011, 19h30

O julgamento do bárbaro assassinato da deputada Ceci Cunha, em 1998, está prestes a ter um desfecho na Justiça. Na quinta-feira passada, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região, sediado em Pernambuco, decidiu que os cinco acusados pelo homicídio de Ceci e de três parentes dela vão a júri popular.

O caso vem sendo monitorado pelo CNJ, por meio do Justiça Plena, projeto de acompanhamento de ações com repercussão nacional do colegiado. O mandante do crime, segundo as investigações oficiais, seria Talvane Albuquerque. Suplente da mesma coligação de Ceci, ele assumiria sua vaga.

A expectativa de integrantes do conselho é de que o processo – que passou sete anos andando na Justiça estadual até ser reconhecida a competência federal – vá a julgamento este ano.

Publicidade