Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cármen Lúcia começa a consultar colegas: decano é o primeiro

Presidente do Supremo conversou com Celso de Mello sobre o futuro da Lava-Jato

Por Gabriel Mascarenhas Atualizado em 23 jan 2017, 16h47 - Publicado em 23 jan 2017, 16h45

Cármen Lúcia já começou a ouvir os demais ministros do Supremo sobre o que fazer com a relatoria da Operação Lava-Jato.

Como de costume, o primeiro a ser chamado para dizer o que pensa foi o decano, Celso de Mello. Trata-se do colega que a presidente mais admira na Corte.

Em paralelo às trocas de ideias com os pares, elas vem esquadrinhando a legislação e o regimento interno do STF para saber quais são as alterativas de que dispõe em relação a substituição de relatores para casos de morte, urgência e etc…

Publicidade