Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Carf devagar quase parando

O Conselho Administrativo de Recursos Fiscais está trabalhando em ritmo lento, quase parando. Os servidores encontraram uma forma de protestarem contra a recusa do governo em cumprir um acordo de reajuste salarial anteriormente firmado com a categoria. A “operação padrão”, deflagrada nesta semana, é uma espécie de “greve”. Mas ao contrário dela, os servidores continuam […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h15 - Publicado em 22 jul 2016, 16h06
CPI do Carf se aproxima do fim

Ritmo lento no Carf

O Conselho Administrativo de Recursos Fiscais está trabalhando em ritmo lento, quase parando. Os servidores encontraram uma forma de protestarem contra a recusa do governo em cumprir um acordo de reajuste salarial anteriormente firmado com a categoria.

A “operação padrão”, deflagrada nesta semana, é uma espécie de “greve”. Mas ao contrário dela, os servidores continuam trabalhando, só que prestam os serviços com observância rigorosa das regras e procedimentos, o que acarreta demora e prejuízos.

Tiago Conde, um tributarista que atua no órgão, afirma que a decisão tem causado um grande impacto e vários processos deixaram de ser julgados.

Em outros casos, com as turmas em pleno funcionamento, o julgamento de uma única demanda foi muito lento e acabava tomando todo o dia.

Apesar da canseira, Conde afirma que essa é a “única forma possível de fazer pressão no governo”.

Continua após a publicidade

Publicidade