Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Caras e poluentes

O setor de energia continua operando com pouca folga (leia mais aqui) e batendo recordes sobre recordes, mas em áreas que era melhor não batê-los. Ontem, por exemplo, o Brasil bateu o seu recorde de acionamento de termelétricas, caras e poluentes, com a potência de 15 548 megawatt-hora. O recorde anterior foi registrado no dia […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 04h24 - Publicado em 21 fev 2014, 13h23
Usina termelétricas: ligadas

Térmicas: a todo o vapor

O setor de energia continua operando com pouca folga (leia mais aqui) e batendo recordes sobre recordes, mas em áreas que era melhor não batê-los.

Ontem, por exemplo, o Brasil bateu o seu recorde de acionamento de termelétricas, caras e poluentes, com a potência de 15 548 megawatt-hora. O recorde anterior foi registrado no dia 18, terça-feira, com 15 388 MWh.

Publicidade