Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Candidato do Novo à prefeitura de SP tem filiação suspensa

Decisão liminar acontecer após Filipe Sabará encaminhar retificação de bens ao TSE

Por Mariana Muniz 23 set 2020, 22h16

O Diretório Nacional do partido Novo enviou um comunicado na noite desta quarta-feira informando ao diretório municipal e aos filiados da cidade de São Paulo que a Comissão de Ética Partidária (CEP) decidiu suspender em caráter liminar os direitos de Filipe Sabará, atual pré-candidato ao cargo de prefeito de São Paulo.

A decisão ocorre no mesmo dia em que veio à tona o pedido feito ao TSE para que a declaração de bens de pré-candidato fosse retificada. No documento que enviou em 19 de setembro, Sabará, que é herdeiro de uma grande indústria, declarou 15.686 reais em bens. Na correção, ele declarou ter, na verdade, 5,1 milhões de reais. 

No comunicado, o Novo diz que “em função desta decisão, e devido a outras averiguações em andamento”, reforça a determinação de suspensão temporária de todas as ações de pré-campanha e de campanha em nome do candidato até que o assunto seja efetivamente julgado pela referida comissão.

Publicidade