Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Candidata laranja financiada pelo PSL era assessora de Bivar

Segundo reportagem da Folha, Érika Siqueira repassou parte da verba eleitoral para gráfica fantasma

Por Da Redação Atualizado em 13 fev 2019, 12h04 - Publicado em 13 fev 2019, 11h42

A assessora do PSL Érika Siqueira, que segundo matéria da Folha de São Paulo recebeu R$ 250 mil de Gustavo Bebianno para a campanha eleitoral, e repassou parte do dinheiro a uma gráfica fantasma, era funcionária de Luciano Bivar.

Érika já trabalhava na legenda antes do grupo de Jair Bolsonaro assumir o comando e seu irmão, Ênio Siqueira, é advogado de Luciano Bivar.

Bebianno e Érika trabalharam juntos por menos de um mês, quando este assumiu a presidência do partido, em julho de 2018.

Em agosto, Érika deixou Brasília e seguiu para Recife, onde mora e trabalha para para Bivar.

Nessa época, Bebianno autorizou os repasses do fundo eleitoral para os diretórios estaduais.

Estes, por sua vez, decidiram quais candidatos iriam financiar. No caso de Pernambuco, a decisão estava a cargo de Bivar.

Continua após a publicidade
Publicidade