Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Candidata do PT em Fortaleza consegue barrar videos difamatórios

Justiça Eleitoral atendeu a pedido feito por Luizianne Lins e bloqueou números de telefone responsáveis pelas postagens

Por Mariana Muniz 20 out 2020, 19h08

A Justiça Eleitoral no Ceará atendeu a um pedido feito pela candidata à prefeitura de Fortaleza Luizianne Lins (PT) e mandou bloquear a divulgação de vídeos considerados difamatórios à política.

A publicação associava a candidata — chamada de “dama de vermelho”– ao consumo de drogas e à realização de procedimentos estéticos com dinheiro público em Paris, a capital da França.

Para o juiz eleitoral André Teixeira, da 94ª Zona Eleitoral, os vídeos representam propaganda eleitoral irregular e veiculam “ofensas pessoais de cunho indecoroso, que foge sobremaneira ao diálogo democrático que se espera nos processos de escolhas eleitorais”. A decisão é desta terça-feira. 

Por isso, determinou a exclusão do conteúdo e o bloqueio dos números de telefone associado às contas que vinham fazendo a distribuição do material.  “E observada a possibilidade técnica, o impedimento de novas postagens que contenham ataques, ofensas e fatos descritos nesta demanda”, disse o magistrado.

Continua após a publicidade
Publicidade