Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Canais infantis da web mostram crescimento na pandemia

Sucesso de vídeos do Gato Galáctico e da Galinha Pintadinha é medido na casa dos bilhões

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 25 jun 2020, 19h55 - Publicado em 25 jun 2020, 13h32

A pandemia fechou escolas e obrigou crianças de todos os cantos do país e o do mundo ao confinamento. Resultado disso? A audiência de programas infantis, em diferentes plataformas, explodiu.

O canal Gato Galáctico, por exemplo, atingiu a marca de 3,5 bilhões de visualizações e mais de 12 milhões de inscritos no YouTube. “Minha missão é valorizar a arte como ferramenta de aprendizado e crescimento pessoal por meio de conteúdos atrativos e inspiradores”, afirma Ronaldo de Azevedo, criador do Gato Galáctico.

Já a Galinha Pintadinha teve um crescimento de 34% das visualizações no Brasil e passou de 15 milhões de views por dia para 22 milhões durante o isolamento social.

No México, com o vídeo do Pollito Amarillito, bateu 1 bilhão de visualizações e na Espanha, atingiu 10 milhões de inscritos. De 2010 até maio de 2020, registrou 55 milhões de downloads no app, sendo 50 milhões na versão Android e 5 milhões em iOS.

“É sempre interessante estar próximo ao seu público nos momentos de dificuldade. Mais do que o sucesso empresarial, isso mostra que nossa missão faz sentido”, comenta Marcos Luporini, criador da Galinha Pintadinha.

ASSINE VEJA

Acharam o Queiroz. E perto demais Leia nesta edição: como a prisão do ex-policial pode afetar o destino do governo Bolsonaro e, na cobertura sobre Covid-19, a estabilização do número de mortes no Brasil
Clique e Assine
Continua após a publicidade
Publicidade