Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Campanha da Nova Previdência sofre ataques no Judiciário

Na mira

A Confederação Nacional das Carreiras e Atividades Típicas de Estado (Conacate), ajuizou nesta quarta-feira, 17, uma ação civil pública contra a campanha Nova Previdência, que teria utilizado verba pública para fins indevidos.
Isso porque, para o governo custear uma propaganda, ela deve ter cunho institucional, ou seja, ter fim educativo ou informativo. As peças publicitárias apresentam caráter político de convencimento popular e modificação da opinião pública, segundo o escritório Lima Nunes e Volpatti Advocacia.

A ação tramita na 1ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária do Distrito Federal e visa à suspensão da campanha e anulação do contrato de 37 milhões de reais para sua veiculação.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s