Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Butantan pede à Anvisa registro de 4,8 milhões de doses da CoronaVac

Após receber o aval, a produção poderá chegar a um total de 40 milhões de doses nesta nova fase

Por Mariana Muniz Atualizado em 18 jan 2021, 13h59 - Publicado em 18 jan 2021, 13h51

O Instituto Butantan pediu à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o registro emergencial para um segundo lote 4,8 milhões de novas doses da vacina contra o coronavírus desenvolvida pela instituição em parceria com a biofarmacêutica Sinovac.

A autorização para o uso emergencial concedida ontem pela Anvisa era exclusivamente válida para as 6 milhões de doses da vacina, todos elas já distribuídas ao Ministério da Saúde.

Novas remessas de insumos para envase deverão chegar nas próximas semanas, aguardando apenas aval do Governo da China. Das 8,7 milhões de doses previstas em contrato para entrega até 31 de janeiro, 6 milhões já foram encaminhadas. As demais devem seguir até o final deste mês. A programação prevê que até abril o Butantan entregue ao Ministério da Saúde 46 milhões de doses da vacina.

Publicidade